Autor: Tiago Libra 

Sinopse: "Peter Stanhope é um homem assombrado pelo passado, que nunca conheceu seus pais biológicos, brutalmente assassinados quando ele ainda era um bebê. Na tentativa de achar as respostas para suas perguntas nunca respondidas, ele visita o orfanato, onde seu irmão, único parente que sobrevivera ao atentado, viveu. Agora fechado e transformado em um museu de horrores, o Orfanato Galahad guarda segredos macabros e lembranças perturbadoras nas entranhas de cada cômodo do seu edifício. Mas o que Peter não sabe, é que vasculhar um passado aterrador tem um preço, e uma visita como essa pode ser indesejada e sem volta."




 "[...] Tombou a cabeça para o lado, e encarou a escuridão, o vento silvava e a janela continuava seu vai-e-vem violento, era assustador, sentiu vontade de gritar por ajuda, mas quem quer que o tivesse prendido ali, não dava a mínima para os seus lamentos e aflições. Um uivo ecoou lá fora, não era o silvo do vento, mas sim o clamor de uma besta; um lobo talvez. Ethan se contorceu, as amarras machucavam de tão apertadas, torcendo e beliscando sua pele frágil, soluçou baixo, sentindo o choro quente e salgado escorrer pelas bochechas até a boca, seu pequeno corpo tremia, e a fadiga era tanta, que o ar tinha sumido da atmosfera, e ele o puxava com força e dificuldade até seus pulmões. Depois de alguns segundos de desespero e lágrimas, tentou acalmar sua respiração, mesmo com a pouca idade que tinha, conseguia entender coisas que os demais garotos da sua idade não conseguiam, e podia fazer coisas que ninguém conseguia: um dom que ainda não entendia e que deveria ser mantido em segredo.[...]"











Coletânea que reunirá alguns pequenos contos de suspense e terror. Aqui você encontrará histórias sobre vampiros, lobisomens, demônios, fantasmas e várias outras criaturas sobrenaturais. Divirtam-se com essas pequenas histórias macabras. Espero que tenham pesadelos.




Hoje está completando exatos 5 dias que estamos presos nessa caverna, a comida está acabando e creio que iremos morrer. É uma situação desesperadora, pois se ficarmos aqui, morreremos de fome e sede, e se sairmos, eles nos matarão da forma mais dolorosa possível, pois há vários deles (as) lá fora. O mundo está um caos! 





Autores: E. F. Costa, J. A. Oliveira, Mariana Camara, Michaelly Amorim, Murillo Magalhães, Rafael Rocha, R. Clamon e Patricia Maiolini



Percebeu aquele vulto que passou ali no corredor? Ou aquele uivo ao longe? Tranque bem as janelas, faça suas orações e rezas antes de dormir, pois fantasmas, extraterrestres, espíritos malignos, seres que desafiam o conhecimento humano, lendas que na verdade são bem reais, estão a solta por toda parte!

Meia-noite eles começam a perambular, talvez você não tenha se atentado, mas eles podem lhe ver e te vigiam, para sorrateiramente te atacar! Descubra como, tendo os Calafrios da Meia-noite!






Era um fim de tarde como qualquer outro, nas terras do extremo sul. Nunca fazia sol. Nunca cessava a chuva. E Klaang capturava outra jovem.






Jezebel Sadma pode dizer que sentiu o calor das chamas do Inferno de perto, pois sua vida havia se tornado um verdadeiro e infindo tormento após ser vítima de uma série de traições e humilhações. No entanto, uma mudança brusca, sobrenatural e oportuna na mulher a faz cansar de apenas sofrer, e então ela decide se vingar daqueles que a feriram. Para isso, conta com o auxílio de um curioso artefato místico que sua mãe lhe deixara de herança. Evocando forças tão perigosas quanto sombrias, Jezebel irá apresentar um pouco do inferno que conheceu para seus outrora algozes. Não como vítima, e sim como carrasca.






Aqui vão encontrar minicontos e microcontos de suspense, terror e sobrenatural. Alguns com uma pitada de sarcasmo e ironia. A tentativa, microleitor, é criar os mesmos de forma que tenha um começo, meio e fim. No entanto, cause calafrios e o faça sentir medo ou até então surpreendê-lo com pesadelos. Ou, deixá-lo com receio de apagar a luz. 
Será uma leitura que irá devorar sem pudor algum! 
Miniconto, ou microconto, ou nanoconto, é uma espécie de conto muito pequeno, produção esta que tem sido associada ao minimalismo. O miniconto apresenta uma narração dentro de apenas uma linha. A ideia é que no mínimo de palavras possíveis, seja apresentado todo um contexto e uma ação em torno do pouco que é revelado por aquelas palavras. Embora a teoria literária ainda não reconheça o miniconto como um gênero literário à parte, fica evidente que as características do que chamamos de miniconto são diferentes das de um "conto pequeno". No miniconto muito mais importante que mostrar é sugerir, deixando ao leitor a tarefa de "preencher" as elipses narrativas e entender a história por trás da história escrita.






Autora Anzynks


"Os de mente fraca são os primeiros a serem corrompidos. "

Meados do século XIX, Hospital psiquiátrico de Wyst Mount. Algo perturbador habitava os aposentos daquele local, uma sombria e singular existência. Sua sanidade corrompida não deixava rastros para a lucidez, mas algo dizia que ela era mais sã do que todos e qualquer um daquele lugar. As memórias do passado não deixavam dúvidas, assim como as obscuridades de sua alma. Todavia, nem sempre o que aparenta ser é real. E ela sabia, e ele o sabia, mentes fracas não teriam vez ali, o corrompimento espreitava a cada olhar. Qual seria a verdade por detrás daquele intrigante e peculiar sorriso?










O que está por vir...


Do autor Mateus Rizzo, apresento para vocês "Partida"

– O que preciso fazer? – Peter disse, ofegante.

– É simples. Eu te alimento com as palavras certas. Você me alimenta com sangue. Derrame sangue

em meu nome e eu lhe inspirarei a escrever sua história. – Ele falava com uma naturalidade
espantosa.
– Eu pensava que o demônio selava um acordo com a alma, não com sangue. – Peter disse,
enquanto exibia um sorriso quase sinistro.
– As críticas estavam certas sobre sua falta de criatividade, pelo que eu vejo. – O demônio
respondeu com desdém. – Além do mais, você vai perder ela de qualquer jeito. E ver ela se
esvaindo, pedacinho por pedacinho, é bem mais interessante.

Obra estará disponível segunda, dia 31 de outubro no wattpad.


14 Comentários

  1. Já li algumas dessas e super recomendo. Ótima lista *-*

    ResponderExcluir
  2. Lista macabra ein! Super recomendo alguns!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal as dicas, não conhecia essas obras, mas fiquei bem interessado em conhecer alguns, especialmente "As Crônicas Nocivas: Orfanado". Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. olá
    Que lista show!
    Só a capa de "Meia-Noite" já mete medo! rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito bom!!! Lista de livros daquelas de dormir com a luz acesa depois de ler. ♡

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro o gênero, mas posso ser sincera? Morro de medo de ficar impressionada e não querer mais dormir sozinha, hahaha. Gostei das suas dicas e espero criar coragem para ler algumas deles que me chamaram atenção. Beijocas!

    ResponderExcluir
  7. Ai..deu até medo rsrs sou dessas que não lê livros de terror ou assiste filmes no mesmo estilo pq eu simplesmente não durmo a noite e isso é sério rsrs
    Mas é uma lista bem legal para quem gosta :)

    ResponderExcluir
  8. Esse não é meu gênero preferido, pois sou muito medrosa. MAs as dicas aparentemente são bem interessantes pra quem curte o gênero.

    ResponderExcluir
  9. Muito legal adoro esse genero de terror kk otimas dicas

    ResponderExcluir
  10. A gente não vive sem o Wattpad né? Adicionei a maioria na minha lista para poder ler ao decorrer da semana porque olha, cada uma mais interessante que a outra. Ameeeeeeeeeeeei. Beijão. ♥

    ResponderExcluir
  11. Que lista incrível!
    Adoro contos de terror.
    Fiquei com vontade de ler o último.
    ^^

    ResponderExcluir
  12. Olá...adorei o post.

    Ótimas dicas para os fã do gênero, assim como eu <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia nenhum dos livros, mas confesso que até já anotei alguns aqui para ler mais adiante. Os livros parecem ótimos. E estão bem de acordo com a época.

    Tatiana

    ResponderExcluir